izilda




A primeira resposta das cartas enviadas, da Izilda Bichara, chegou nesta manhã. Assim, soube da silenciosa Júlia, sua avó - aquela que tinha no braço uma tatuagem com seu nome, a data de seu nascimento e o nome da aldeia de onde vinha. 
"Um costume do longínquo lugar em que nasceu Júlia", Izilda me diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário